UA-142702713-1
  • MOPS Brasil Blog

Crianças entediadas? Aprenda como isso pode ser uma oportunidade (Parte 2)


O tédio pode criar novas amizades


Se você fizer uma busca na Internet por “tédio” e “crianças”, terá a nítida impressão de que essas duas entidades não devem coexistir, que crianças nunca devem ficar entediadas. Isso explica os artigos do Pinterest, como “200 boredom buster” ou “25 maneiras de entreter seus filhos.”


Bem, eu chamo de blefe. Já falamos sobre os dons individuais que o tédio traz para uma alma em desenvolvimento. Mas tem mais! Eu digo que deixar um monte de crianças ficarem bem e entediadas juntas, sem pacificá-las, distraí-las ou ocupá-las, é um dom profundo para todas elas, porque permite que amizades verdadeiras sejam construídas.


Eu pertenço a uma geração cuja infância não teve muita tecnologia e uma vida adulta que é inundada por ela. Fui para a faculdade durante o que ainda era uma espécie de idade das trevas tecnológicas. Eu gostaria de poder voltar a essa vida de faculdade por apenas um dia pela liberdade que tínhamos de desfrutar da amizade, sem distrações.


Ontem, passei por oito crianças esperando o ônibus do ensino médio. Cada um deles estava completamente absorvido em seu telefone. Cada uma dessas crianças estava passando por um momento “entediante” esperando em um sinal de trânsito, se divertindo com aplicativos de rolagem ou jogando.


Acho que esquecemos que amigos - tecnologia = um dom profundo.


Eu sei que isso é verdade por duas razões.


Primeiro, as estatísticas provam isso. Solidão, depressão e ansiedade estão disparando na geração super ocupada e altamente conectada. Nossos adolescentes estão muito entretidos e ocupados, mas profundamente insatisfeitos. Nossos filhos estão nos dizendo repetidamente que são solitários, que existe um déficit de amizade.


Em segundo lugar, você pode ver de forma anedótica. Uma amiga minha compartilhou suas idéias depois de acompanhar uma excursão noturna da oitava série. No primeiro dia, todos os dispositivos foram confiscados. Como você pode imaginar, houve choro e reclamação. As crianças não tinham ideia do que fazer. Os acompanhantes permitiam que as crianças tivessem seus telefones por 10 minutos no final de cada dia, nos quais eles podiam falar com os pais, manter seu “stream do Snapchat” ativo ou qualquer coisa. Meu amigo observou que no primeiro dia a maioria dos alunos retirou seus telefones pelo período permitido. No segundo dia, ela observou, apenas cerca de 10 alunos queriam os telefones. No terceiro dia, talvez um ou dois pediram. No caminho para casa, as crianças imploraram: “Não! Não nos devolva nossos telefones! É muito mais divertido sem eles!”.


Acho que esse incidente é incrivelmente revelador. E também triste. Quando você se livra do tédio, uma das baixas é a amizade. Muitas coisas, coisas significativas, acontecem naquele tempo de inatividade não planejado e não preenchido.


Vou dar um passo adiante e dizer que realmente não acho que você pode ser um bom amigo sem antes aprender a se sentir confortável com o tédio. Aqui está o porquê: ser um verdadeiro amigo requer paciência. Requer a capacidade de ouvir uma longa história, de solucionar um problema que não é seu, de passar por cima da aversão a coisas que você não tem vontade de fazer porque alguém que você ama gosta.


Eu concordo que a tecnologia é incrível. Mas não devemos esquecer que a paciência é um dom, porque nenhuma amizade verdadeira existe sem ela.


Então, o que fazemos com isso?


Há um passo maravilhoso que podemos dar, que é colocar as telas de lado quando estamos passando um tempo juntos. Se seus filhos estiverem dando uma festa, pegue todos os dispositivos na porta. Se as crianças vizinhas estão brincando juntas, faça-as andar de bicicleta ou fazer biscoitos em vez de assistir TV ou jogar videogame. E se você estiver jogando em família, guarde os dispositivos. Se você sair para jantar, guarde os telefones. Se você estiver em uma longa viagem de carro, repito, guarde os telefones. Fiquem entediados juntos! É doloroso, as vezes irritante, mas absolutamente precioso.



Jessica Smatt



Postado originalmente no blog do MOPS International.

Retirado do livro Let Them Be Kids de Jessica Smartt.

Copyright 2020 por Jessica Smartt. Usado com permissão de www.thomasnelson.com.


Jessica Smartt é a autora dos livros Memory-Making Mom e Let Them Be Kids. Ela é uma ex-professora de inglês que virou mãe de três em idade escolar. Uma semana após o nascimento do primeiro bebê, ela começou seu blog de maternidade “Smartter” a cada dia.

MATRIZ NOS ESTADOS UNIDOS:

www.mops.org

MOPS International, Inc. 
2370 South Trenton Way 
Denver, CO 80231-3822

 

TELEFONE:

303.733.5353 or 888.910.6677

 

EMAIL MOPS:

info@mops.org (General Info) 

NAVEGAÇÃO NO SITE

NAVEGAÇÃO NO SITE

NOSSO BLOG

NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Blogger Icon

PORTUGUÊS:

www.mopsbr.com.br

EMAIL MOPS Brasil:

ministeriomops@gmail.com

MOPS encoraja e equipa mães de crianças pequenas, em parceria com a igreja local, para descobrirem o seu potencial como mães, mulheres e líderes em seu relacionamento com Jesus.