UA-142702713-1 Protetor Solar
  • MOPS Brasil Blog

Protetor Solar



Só protegemos quando temos consciência do perigo e das consequências! Essa foi a percepção que eu tive ao deslizar minhas mãos em cada canto dos rostinhos dos meus meninos antes de deixá-los brincar expostos ao sol em um dia quente de verão!


Todos que já tiveram a experiência de ter que proteger crianças pequenas em um dia ensolarado, quer seja para ir à piscina, à praia, ao parquinho ou simplesmente para um passeio, sabe que não é uma tarefa fácil, eles esperneiam, reclamam, às vezes até choram... mas mesmo assim somos diligentes e nos empenhamos em protegê-los.


Compramos protetores, avaliamos o fator de proteção e carregamos sempre em nossas bolsas como item essencial, pois tudo o que queremos é proteger nossas crianças e evitar as consequências ruins de estarem desprotegidas.


Enquanto minhas mãos deslizavam nas curvas dos seus rostos tão pequenos e enquanto eu me esforçava para protegê-los dos efeitos e consequências da exposição ao sol, meu coração foi tomado por uma sensação e um desejo enorme de proteção por eles, em alguns poucos minutos tive a consciência da fragilidade, da vulnerabilidade e da inocência deles, meu pensamento voou longe... talvez seja “coisa de mãe”, mas naquele momento mais do que proteger seus corpinhos eu senti um enorme desejo de proteger suas mentes e seus corações, com a mesma intensidade e com a mesma diligência.


É exatamente aqui que entra minha maior percepção, só protegemos quando temos consciência do perigo e das consequências!


As mentes e os corações das nossas crianças estão absorvendo tudo ao redor delas. Elas estão expostas. Elas são vulneráveis. Elas são frágeis. Elas precisam de proteção. Elas precisam que nós, adultos, talvez um pouco mais calejados pela exposição da nossa mente e do nosso coração, estejamos atentos aos perigos ao nosso redor. Nem tudo é tão inocente quanto parece! Não mesmo! Precisamos abrir os olhos, precisamos querer enxergar!


Vai chegar um tempo em que o nosso “protetor solar” não fará mais efeito e nossas crianças estarão expostas a todo e qualquer tipo de perigo, de uma certa forma eles já estão, assim como nós, mas enquanto são crianças ainda podemos e temos oportunidades de protegê-las. Chegará um dia em que nossas crianças, já crescidas, precisarão decidir qual protetor, qual o fator e até se usarão ou não um “protetor solar”. Consequência é coisa séria, ainda mais se tratando de problemas da alma e do coração!


Eu disse que minha mente voou longe ao passar um simples protetor solar, me senti frágil, vulnerável, impotente, mas ao mesmo tempo meu coração foi tomado pela certeza de que Deus é a minha proteção e também será a proteção da mente e do coração dos meus filhos. Minha parte é ter consciência dos perigos e ser diligente na proteção deles, sem negligência, sem preguiça, sem desculpas e com todo o empenho!


“Bendito seja o Senhor, a minha Rocha, que treina as minhas mãos para a guerra e os meus dedos para a batalha. Ele é o meu aliado fiel, a minha fortaleza, a minha torre de proteção e o meu libertador; é o meu escudo, aquele em quem me refugio...” Salmos 144:1-2



Tatiana Hume é casada com Marcos, mãe do Samuel (4) e do Daniel (2), mora em Vinhedo, SP. Apaixonada pela vida, por palavras e por amizades sinceras. Ama servir e ajudar o próximo. Hoje, além do agito da maternidade, serve como voluntária no MOPS Brasil, pois realmente acredita que nutrir corações pode mudar o rumo de uma história.


MATRIZ NOS ESTADOS UNIDOS:

www.mops.org

MOPS International, Inc. 
2370 South Trenton Way 
Denver, CO 80231-3822

 

TELEFONE:

303.733.5353 or 888.910.6677

 

EMAIL MOPS:

info@mops.org (General Info) 

NAVEGAÇÃO NO SITE

NAVEGAÇÃO NO SITE

NOSSO BLOG

NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Blogger Icon

PORTUGUÊS:

www.mopsbr.com.br

EMAIL MOPS Brasil:

ministeriomops@gmail.com

MOPS encoraja e equipa mães de crianças pequenas, em parceria com a igreja local, para descobrirem o seu potencial como mães, mulheres e líderes em seu relacionamento com Jesus.