UA-142702713-1 Respostas de um bom Pai

MATRIZ NOS ESTADOS UNIDOS:

www.mops.org

MOPS International, Inc. 
2370 South Trenton Way 
Denver, CO 80231-3822

 

TELEFONE:

303.733.5353 or 888.910.6677

 

EMAIL MOPS:

info@mops.org (General Info) 

NAVEGAÇÃO NO SITE

NAVEGAÇÃO NO SITE

NOSSO BLOG

NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Blogger Icon

PORTUGUÊS:

www.mopsbr.com.br

EMAIL MOPS Brasil:

ministeriomops@gmail.com

MOPS encoraja e equipa mães de crianças pequenas, em parceria com a igreja local, para descobrirem o seu potencial como mães, mulheres e líderes em seu relacionamento com Jesus.

  • MOPS Blog

Respostas de um bom Pai


Minha história começa justamente quando sonhava em me tornar mãe. Quando completei 5 anos de casada no ano de 2008, me lancei na jornada de tentante, buscando realizar o sonho de ser mamãe. Junto com ele, veio também muita angústia.


Como assim? Meu sonho não se realizava no tempo da minha expectativa? Esperei e esperei. Foram 2 anos e nada aconteceu. Eu e meu esposo cumprimos a rotina de exames, esperamos, acreditamos e desejamos muito um bebezinho em nossos braços.


Durante esse momento de espera, perdi o meu pai e a tristeza entrou na minha vida com muita intensidade. Meu coração foi aprisionado pela desesperança e angústia. Me lembro de chorar muito, todos os dias. Falar com Deus e me colocar exatamente como me sentia diante dEle foi meu refúgio e o meu dia-a-dia, durante 1 ano.


Nunca me esquecerei do dia 16 de Dezembro de 2010, quando escutei a voz de Deus ao ler Suas palavras em minha Bíblia, no trabalho. Salmo 116. Me lembro de ler: “ Eu amo o Senhor, porque Ele me ouviu quando lhe fiz uma súplica. Ele inclinou os seus ouvidos para mim; eu o invocarei toda minha vida”. Ao ler aquelas palavras, senti meu coração sendo preenchido por uma grande alegria. Foi a resposta que precisava ouvir.


Então chorei. e em meu silêncio perguntei: “Senhor, eu serei mãe em 2011?”, e ouvi: “Sim, será!”. Imediatamente a alegria invadiu meu coração, e a esperança tomou conta de mim. Para minha surpresa descobri que estava grávida algumas semanas depois e então soube que já era mãe quando ouvi Seu “sim". Descobri que gerava uma linda menininha! Quanta alegria em meu coração!


Com o nascimento da nossa filha, vieram também algumas dúvidas e angústias cercando uma decisão a respeito do meu modo de viver daquele momento em diante. Precisava tomar uma decisão que mudaria para sempre a minha vida. Meu grande dilema: o que fazer com minha bebê e com a minha carreira? Eu e meu esposo trabalhávamos em cidades diferentes, eu amava meu trabalho, sempre trabalhei na área de Recursos Humanos e nunca deixei de estar satisfeita e motivada.


Em meu coração de mãe, sabia que não queria deixar minha filha com outra pessoa, naquele momento. Eu mesma, desejava cuidar da educação dela e não queria perder nenhuma fase de seu crescimento.


Decidir? Como? Então, mais uma vez na minha vida, coloquei essa decisão diante de Deus. Meu esposo estava ao meu lado em qualquer que fosse a minha decisão. Eu me vi mais uma vez de joelhos, pedindo por uma direção e por uma resposta do Pai.


Nesse período de dúvida e decisão a tomar, pude estar na companhia de mulheres sábias, mães e avós, para falar, sem nem ao menos eu precisar buscar esses conselhos. Elas chegavam até mim e falavam o que eu precisava escutar.


E já fazem 7 anos nessa jornada de fé. Foi um período maravilhoso e produtivo, onde realmente pude entender a bondade do Senhor e como Ele realmente é um bom Pai e não deixa nada faltar para seus filhos. Durante esses anos eu estudei e me aprofundei nos assuntos sobre Maternidade Bíblica e então nasceu o "Mães em Missão".


O Senhor me permitiu retomar minha carreira quando a minha filha completou 6 anos, mas agora de forma autônoma. Continuo fazendo o que eu amo com muita alegria e gratidão a Deus. Em todo esse período sentimos a Sua presença, Seu cuidado e provisão.


Quantas vezes achei que não seria possível, mas Ele com sua graça e amor sempre me lembrava de sua fidelidade. A memória do Salmo 116 sempre esteve e sempre estará comigo. Ele é um bom Pai. Acredito nisso. Confio nisso.


Patricia Curti



Patricia Curti, é esposa, mãe e coordenadora do Ministério Mães em Missão (@maes_emmissao). Trabalha como Coach de Gestão de Tempo e Produtividade.