UA-142702713-1 Vamos ser honestas: Imperfeição é a nova perfeição
  • MOPS Brasil Blog

Vamos ser honestas: Imperfeição é a nova perfeição


Vivemos em uma época em que o online está na moda, podemos pedir praticamente tudo o que precisamos com a pontas dos dedos. A maioria de nós temos um teto, tecnologia ao nosso alcance, podemos comprar coisas online para manter as crianças ocupadas e até alimentos, se quisermos podem ser entregues diretamente nas nossas portas.


Há uma abundância (embora exagerada às vezes) de conteúdo e recursos que nos são entregues enquanto enfrentamos essa pandemia. É incrivelmente importante nos lembrar e manter a perspectiva de como realmente somos abençoadas durante esse periodo de isolamento. Exatamente com essa perspectiva que eu escolhi a alegria e a fé ao invés do medo. Esse periodo de se isolar em casa é DURO!


Estar isolada em casa dia após dia não é natural ou saudável para nenhuma de nós. Fomos projetadas por Deus para a comunidade, não para uma comunidade digital.

A cara a cara, o tipo de comunidade que sentimos um abraço. Nada se compara a interagir fisicamente com as pessoas que amamos. Se você sente que está falhando por não conseguir acompanhar os trabalhos da escola, por não fazer um milhão de trabalhos manuais com seus filhos, por não assar um pão caseiro, por não jogar diariamente, por estar gritando muito mais vezes com seus filhos do que gostaria de admitir (hoje fui eu), você não está sozinha!


Não acredite nas mentiras de que você não é boa o suficiente ou que todo mundo está muito melhor do que você. Muitas de nós já estávamos lidando com ansiedade, depressão, casamentos em dificuldades, desafios de peso, etc. Pode parecer que nossas redes de apoio acabaram e não há problema em sentir que isso é difícil - porque é. Então, o que fazemos?


Primeiro, compartilhe com outras pessoas que está difícil.

Todas nós queremos saber que não estamos sozinhas nessa luta. Postar todas as coisas que você está fazendo certo e dar idéias sobre como manter as crianças ocupadas é encorajador e inspirador, mas precisamos saber que nem tudo é um mar de rosas em nossas casas. Minha filha teve uma birra de 45 minutos hoje, além de todas as outras expectativas frustadas para o dia. Comecei a me sentir sufocada. Então, é claro, eu gritei e imediatamente me senti a pior mãe de todas.


Além disso, aqui está uma boa observação: eu já ensinava meus filhos em casa (antes da pandemia) e para todas as mães que estão sendo jogadas nessa tarefa de ensinar em casa (homeschooling), saiba que o que você está fazendo não é nada parecido com a realidade de ensinar em casa em um cenário normal. Você está sendo informada sobre o que fazer, como fazer e esta sendo gerenciada pela escola. Você tem permissão para se relaxar e descansar no fato de que toda criança em idade escolar ficará um pouco atrasada quando tudo isso acabar.


Segundo, seja graciosa com você.

Nas primeiras duas semanas da quarentena, eu corria constantemente estressada para não deixar a bola cair na escola, no trabalho, no casamento (a lista continua). Claro, explodi e deixei a bola cair. É inevitável que, quando tentamos segurar muitas bolas, uma delas (pelo menos uma) cai.


Eu tive que reavaliar o que era realmente importante para mim e para nossa família, e então eu tive que ficar bem com alguns dias dentro do cronograma e outros dias com a TV ligada - o dia todo. Para minha sanidade mental (e das crianças), a TV algumas vezes é muito melhor do que uma mãe gritando o dia inteiro.

Por fim, descanse em Deus.

Reconheça que não temos controle sobre essa situação, mesmo quando pensamos que temos. Lembre-se de que Deus sabe o que está fazendo, mesmo quando isso não faz sentido para nós. Descanse na verdade de que Ele luta por nós. Querida mãe, VOCÊ está fazendo um bom trabalho (mesmo nos seus piores momentos), porque está aí todos os dias, se esforçando para ser a melhor mãe, considerando todas as suas circunstâncias.


Mesmo estando todas em quarentena, cada uma das circunstâncias da vida e das nossas casas são diferentes. Então, vamos parar com a armadilha da comparação, vamos compartilhar o que realmente está acontecendo, dar a nós mesmas (e umas as outras) graça, vamos olhar e apontar para Aquele que controla tudo e nos ama com campaixão e ternura. Que possamos continuar a nos reunir com uma amiga (ou duas) na calçada ou digitalmente, e nos encorajar para que isso passe.


Sarah Ferraro



Publicado originalmente no blog do MOPS International.

Sarah Ferraro é gerente de afiliação do MOPS International. Está no sétimo ano atuando como coordenadora de um grupo MOMSnext na igreja Fullerton Free. Sarah é casada com David e eles têm três filhos, que ela ensina em casa (homeschooling). Ela é apaixonada por ajudar a mães a navegar na jornada da maternidade, adora passar tempo com a família e com amigos e acredita que TODOS os dias devem começar com o café. Muito café.

MATRIZ NOS ESTADOS UNIDOS:

www.mops.org

MOPS International, Inc. 
2370 South Trenton Way 
Denver, CO 80231-3822

 

TELEFONE:

303.733.5353 or 888.910.6677

 

EMAIL MOPS:

info@mops.org (General Info) 

NAVEGAÇÃO NO SITE

NAVEGAÇÃO NO SITE

NOSSO BLOG

NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Blogger Icon

PORTUGUÊS:

www.mopsbr.com.br

EMAIL MOPS Brasil:

ministeriomops@gmail.com

MOPS encoraja e equipa mães de crianças pequenas, em parceria com a igreja local, para descobrirem o seu potencial como mães, mulheres e líderes em seu relacionamento com Jesus.